Sobre mim e o blog

Dizer que gosta de viajar é igual dizer que gosta de pizza: não conheço ninguém que não goste. Eu também gosto, e muito (de pizza e de viajar).

Além de todas as experiências que a viagem proporciona, uma das partes de que eu mais gosto em todo o processo é a preparação. Escolher aonde ir, procurar o que visitar, dicas do que fazer e do que não fazer e, principalmente, ler os detalhes de todas as experiências que outras pessoas tiveram.

Tenho vinte e tantos anos e vi bem menos do mundo do que eu gostaria, mas o que eu vi eu quero compartilhar.

A internet está repleta de ótimos sites de viagem com as melhores dicas práticas e as informações mais completas sobre qualquer lugar no mundo. Este blog não tem a pretensão de ser o seu novo guia de viagem, mas sim de contar pra você experiências e opiniões pessoais. De mostrar pra você como é fácil dar liberdade pro seu travel monster se manifestar e sair um pouquinho mais da zona de conforto no seu dia a dia.

Se este blog servir como uma pequena  inspiração pra você fazer as malas e sair explorar o mundo, seu país, seu estado, sua cidade, sua comunidade, seu quintal de casa, terei feito alguma coisa de importante na vida 🙂

DSC05285

travel monster sempre esteve presente em todas as áreas da minha vida, e me levou a desde cedo ter a curiosidade para aprender outras línguas dos jeitos mais bobos, escolher me formar em Letras, fazer um mestrado na França, trabalhar na Disney, e até trabalhar em coisas das quais eu não gostava só pra conseguir me manter fora de casa desde os 17 anos.

Hoje, ele impulsiona minha carreira como tradutora autônoma e meu amor por esse trabalho.

 

18 Comentários

  • Responder
    Henrique Faria
    26 de janeiro de 2015 às 14:00

    Maravilha o seu blog, Maria Thereza! Estou planejando uma viagem pelo mesmo roteiro que você fez, excluindo o Chile. Suas informações são muito boas. Seu texto é muito gostoso de ler. A gente vê cada blog por aí, mal redigidos, linguagem tosca, informações insuficientes… O seu, não! Muito bom.

    • Responder
      Maria Thereza M.A.
      27 de janeiro de 2015 às 01:10

      Oi Henrique!! Super obrigada! Fico muito feliz com comentários como o seu 🙂 🙂

  • Responder
    Junior Oliveira
    31 de janeiro de 2015 às 23:35

    Maria Thereza, que incríveis seus relatos.. SUPER explicativos, detalhes ricos, bom humor, leio e rolo de rir de como você descreve algumas situações.. Inspiração total para mim. Farei um roteiro parecido com o seu em Abril/15. Achar seu blog na net foi mais que um presente.
    Parabéns!!
    Abraço!
    Junior
    Belo Horizonte/MG

    • Responder
      Maria Thereza M.A.
      2 de fevereiro de 2015 às 12:25

      Oi Junior! Muito obrigada mesmo 😀 São leitores assim que dão o gás pro blog existir 🙂 Continue acompanhando que tem mais história pela frente! Um abraço e boa viagem!!

  • Responder
    Sergio Mendonça Alves
    20 de fevereiro de 2015 às 05:43

    Vou visitar(ótima desculpa rsrsrs) um casal de amigos q moram em Sta Cruz de La Sierra. Já fui caminhoneiro, larguei faculdade, já fui de cargueiro do extinto Loyd Brasileiro no navio Itaberá para a Europa, depois voltei de avião, fui a Amsterdan frequentar cofee Shop(com intenções fumasísticas…rsrsrs skankarado), fui sempre 1 cigano mas agora depois de muuuitos anos vou fazer essa “visita”. Tava muito careta vendo avião etc e tal quando caiu a ficha: pô e o trem da morte???? Aí caio aki no seu blog chocante: vou de busu até Campo Grande, outro até Corumbá e depois vou usar o Ferrobus. Rodrigo e Alessandra(os amigos brasileiros q estão lá hà mais de 10 anos) ficaram doidos, pq dia 17 agora de fevereiro fiz a mágica idade dos 60. Solteiro e sem filho, sem cachorro e sem nehuma corrente, quero fazer muita foto. E como sou motociclista desde a chupeta, tem uns parques nacionais q eu já separei para ir lá. Seu blog fez meu horizonte brilhar. Obrigado e até a volta. Pretendo sair de Niterói em Maio. Abs.

    • Responder
      Maria Thereza M.A.
      20 de fevereiro de 2015 às 14:59

      Pô, Sergio, que história de vida sensacional! Meu irmão também é motociclista e faz umas viagens por aí, ele acabou de voltar do Uruguai. É esse o espírito mesmo, você é completamente livre e tá com tudo pra fazer esse rolê! Faça muitas fotos sim e depois me conte! Muito obrigada por esse comentário incrível, é demais encontrar outros travel monsters! Abraços e boa viagem!

  • Responder
    Mariana Carolina
    1 de março de 2015 às 21:15

    Olá Maria, AMEI o seu blog! Parabéns pela descrição dos detalhes, forma como escreve e carinho com os leitores! Já fiz um mochilão pela Europa, morei na Austrália (Perth) por um ano e meio, passando perrengue, fazendo faxina pra conseguir estudar e aprender esse bendito inglês, fiz um tour por alguns lugares da Ásia, depois Dubai e agora estou de volta ao Brasil, com xiliques para viajar outra vez, rsrs. Adorei a idéia do Chile e redondezas, os planos eram USA, mas o dólar não está ajudando em nada.
    Muito obrigada pelas dicas e manterei contato para sanar minhas dúvidas. Muita paz e luz no seu caminho, abraço!

  • Responder
    Carlos
    19 de maio de 2015 às 18:46

    Oi Maria, adorei o texto e o roteiro que você fez.
    Tenho umas perguntas…você pode dizer quanto tempo mais ou menos você levou entre os trechos dos principais pontos que você passou?
    Estou tentando planejar Atacama-Salar do Uyuni-Titicaca-Cuzco- Macchu Picchu em aproximadamente 15 dias. É possível?
    Tem alguma recomendação de ordem desse roteiro?

    • Responder
      Maria Thereza M.A.
      19 de maio de 2015 às 23:20

      Oi Carlos! Depende muito do trecho e da forma de viagem, condições da estrada e do tempo, greves etc. A média é de 12h cada trecho, mas pode variar. Mas já digo que 15 dias é bem complicado. Só o Salar já são 3 dias, Atacama mais uns 4 pra aproveitar bem. Sugiro selecionar dois ou três desses lugares e aproveitar BEM, e deixar o resto pra outra oportunidade 🙂
      Abraços e boa viagem!

  • Responder
    Mariana
    21 de junho de 2015 às 13:06

    Oii!!
    Acabei de conhecer seu blog! viajo para Calama no dia 29 de Agosto, e vou terminar minha viagem em Cuzco, em 18/09 (tbm sozinha)… Estou mega ansiosa e amando ler a suas experiencias!

  • Responder
    Gabriela VAT
    23 de junho de 2015 às 11:59

    ola, eu acho que estou lendo seu blog como uma bíblia, eu amei a forma que voce escreveu sobre suas viagens, estou indo agora sozinha também para espairecer para colombia e depois peru e bolivia talvez, eu tenho duas duvidas, voce viu alguém que conseguiu sacar dinheiro la, tipo do banco itapu? e em relação ao frio, eu vou no meio de julho e volto no meio de agosto 40 dias eu vi o seus relatos e estou com medo de passar frio por la, devo levar so roupas de frio?

    Obrigada e abraços

  • Responder
    Guilherme
    31 de dezembro de 2015 às 08:33

    Adorei!

  • Responder
    Maykel Lacerda
    11 de julho de 2016 às 17:03

    Ola Maria,
    Muito legal as dicas, sou marinheiro de primeira viagem com relação a Trip’s, e estou querendo fazer um mochilão assim como esse que você descreveu, Peru, Bolívia e Chile. Poderia me ajudar a organizar ou me conectar com pessoas que pensam em ir ao mesmo destino. Desde já agradeço, super abraço.

    • Responder
      Maria Thereza Moss
      1 de agosto de 2016 às 10:58

      Oi, Maykel, tudo bem?

      O melhor lugar pra você entrar em contato com pessoas que planejam viagens parecidas é o fórum http://www.mochileiros.com. Faz seu cadastro e conversa com o povo lá que você logo vai conhecer uma galera super legal pra trocar ideia.

      Abraços!

  • Responder
    Kássia R. Bazzo
    9 de novembro de 2016 às 10:52

    Maria! Parabéns pelo blog! Além de ajudar bastante, me incentivou mais ainda a conhecer os lugares que tu passou!
    Estou me planejando para fazer um roteiro parecido com o teu em julho de 2017, porém no meu tempo de férias (25 dias), e as tuas experiencias e dicas vão me ajudar muito! Muito bom ter pessoas solicitas como você ,parabéns!

    • Responder
      Maria Thereza Moss
      30 de novembro de 2016 às 18:12

      Oi, Kassia! Obrigada pelo comentário, fico feliz que o blog está te ajudando!

      Beijos e boa viagem!

  • Responder
    Marilena
    27 de abril de 2017 às 11:38

    Ola que surpresa boa encontrar seu blog! Tbm fiz mochilao na america latina porem
    Foram bolivia peru e equador!!! Me encantei!

    • Responder
      Maria Thereza Moss
      5 de junho de 2017 às 14:29

      Oi, Marilena! Que ótimo!! Quero muito ir pro Equador também! Que bom que gostou do blog 🙂 Beijos!

    Deixe um comentário